abr 09

Autor: Ferraro Júnior, Denerval
Editora: Globo Livros 
Páginas: 224
1a Edição: 2008
Assunto: Cinema

Sinopse:
Quais os robôs mais bacanas da história do cinema? Com uma pergunta como essa, claro, a polêmica está aberta. Seria a dupla formada por R2-D2 e C-3PO de Guerra nas Estrelas, ou para aqueles que preferem os grandes clássicos – a “robô mulher” politizada de Metrópolis? Se está difícil, vamos em frente: quais os melhores filmes feitos com a participação de cães? E quanto aos vilões, quais foram os mais marcantes? Essas questões, que muitas vezes animam longas conversas em rodas de amigos curtidores de cinema, fazem do livro “10+ do Cinema” (Ed. Globo) uma leitura curiosa e divertida. Escrito pelo jornalista Denerval Ferraro Jr, a classificação dos verbetes foi realizada de maneira inusitada, como: comida, cristãos, doenças, espiões, realeza e muitos outros. São 50 listas, cada uma delas trazendo em ordem de importância os dez melhores da categoria. Há ainda uma lista final com as frases mais célebres do cinema. A ideia do livro surgiu a partir de uma coluna da revista Monet, onde esse tipo de classificação foi desenvolvida. Certamente a prática de fazer listas com os “melhores da história” não é nenhuma novidade. Mas o que faz a diferença em 10+ do Cinema é o olhar do autor, que criou categorias originais. O livro é um convite a pensar sobre o cinema de ângulos novos, e redescobrir filmes que por vezes já estavam acomodados e sem brilho em seus lugares tradicionais. Como o próprio autor reconhece na apresentação, fazer listas com os melhores  e – ainda por cima – em ordem de importância, é uma temeridade. Sempre haverá margem para a discordância, para a polêmica. Mas é exatamente aí que está a graça desse tipo de classificação, que sempre vai depender da empatia de cada leitor.

Fonte: Livraria da Folha

 

Escrito por marcia
Tags: , ,

abr 02

DICAS E TÉCNICAS PARA LEVAR MAGIA A TODOS OS SEUS TEXTOS
Autor: Surrell, Jason
Tradutor: Sidou, Beatriz
Editora: Panda Books
Páginas: 228
1a Edição: 2009
Assunto: Cinema

Sinopse:
Qual é o segredo por trás da magia de clássicos como “Branca de Neve”, “A Pequena Sereia” e “Rei Leão”? Chegou a hora de descobrir. Os artistas e roteiristas responsáveis pelos consagrados filmes da Disney revelam, pela primeira vez, no livro “Os Segredos dos Roteiros da Disney” quais são as técnicas do estúdio para criar obras que divertem, inspiram e encantam. E mostram como colocá-las em prática para criar obras originais. O livro apresenta e explica técnicas para escrever uma trama atraente, alinhavar a história, construir personagens, recriar textos clássicos e tudo o mais que envolve a criação de um texto. O processo de criação é detalhado passo a passo em três “atos”: o nascimento e a evolução das ideias; o ato de escrever; e o ato de reescrever. Voltado para roteiristas iniciantes, aspirantes a cineastas e demais interessados na magia dos filmes Disney, o livro traz ainda citações inspiradoras de Walt Disney e histórias pessoais da criativa comunidade do estúdio.

Fonte: Livraria da Folha

 

Escrito por marcia
Tags: , , ,

jan 29

Autor: Vanoye, Francis
Editora: Papirus
Páginas: 152
1a edição: 1994
Assunto: Cinema

Sinopse:
Este livro oferece elementos de reflexão geral (história das formas cinematográficas, instrumento da narratologia, problemas de interpretação) e algumas análises na prática, de um único plano ao filme todo, de sequências a propagandas. Analisar um filme é prática comum a qualquer espectador.

Fonte: Livraria Cultura

 

Escrito por marcia
Tags: , ,

jan 22

Autor: Ramos, Luciano
Editora: Contexto
Páginas: 336
1a Edição: 2009
Assunto: Cinema

Sinopse:
Entre 2005 e 2008 foram lançados mais de dois mil filmes no mercado brasileiro. Aqui o leitor encontrará uma seleção de 290 destes filmes, disponíveis em locadoras, divididos nas categorias: aventura, brasileiros, comédia, documentário, drama, fantasia, história e infantil. Cada filme recebe uma ficha técnica, uma análise e uma foto. Para fazer uma seleção, o autor estabeleceu cinco critérios – argumento, roteiro, elenco, produção e direção. Dos blockbusters de bilheteria aos novos diretores, daqueles que ficaram meses em cartaz àqueles que passaram quase desapercebidos, este livro é um guia para aqueles que apreciam o cinema.

Fonte: Livraria Cultura

 

Escrito por marcia
Tags: , ,

dez 10

Autor: Gerbase, Carlos
Editora: Artes e Ofícios
1a Edição: 2000
Assunto: Literatura Brasileira

Sinopse:
Em uma linguagem direta e coloquial, este livro abarca o cotidiano de forma inusitada, com bastante humor e uma certa inflexão pop. Grande parte dos textos tem relação direta com o mundo do cinema e das imagens.

Fonte: Livraria Cultura

 

Escrito por marcia
Tags: , ,

nov 20

Autor: Cousins, Mark
Tradutor: Bartalotti, Cecilia Camargo
Editora: Martins Editora
Páginas: 512
1a Edição: 2013
Assunto: Cinema

Sinopse:
Do cinema mudo, passando pela engenhosidade do cinema sonoro, até as incríveis inovações da era digital, Mark Cousins apresenta um panorama completo e acessível da história do cinema mundial. Nelas são desveladas as técnicas, aspirações e invenções de cada época, em diferentes países e por diversos cineastas que sonharam, imaginaram e trabalharam para que sua mensagem e sua estética fossem transmitidas a um público cada vez mais admirado pela sétima arte e pela rica história que ela comporta.

Fonte: Livraria Cultura

 

Escrito por marcia
Tags: , , ,

out 23

Autor: Nacache, Jacqueline
Editora: Texto & Grafia
Páginas: 192
1a Edição: 2012

Sinopse:
Seja vedeta ou desempenhe um papel secundário no filme, mostre-se contido ou expansivo, distante ou próximo ao espectador, é através do ator que a obra cinematográfica comunica e, por vezes, fascina e emociona, ; no centro da ação ficcional, é ele que contribui decisivamente para a qualidade do conjunto cinematográfico. Tudo gira em torno da relação entre o ator e a personagem que encarna; e, por isso, todos os grandes momentos da criação cinematográfica envolvem uma reflexão sobre o ator e o seu papel. Desde as suas origens que o cinema não cessa de criar novos modos e métodos de representaão: das teorias soviéticas ao Actors Studio, do <<natural americano>> à <<verdade>> do não-profissional, o ator é a presença mais evidente na história do cinema.

Fonte: Livraria Cultura

 

Escrito por marcia
Tags: , ,

out 16

Autor: Gillot, LAwrence
Editora: Martins Martins Fontes
Páginas: 60
1a Edição: 2009

Sinopse:
Este livro é uma adaptação do filme “O Garoto”, de Charles Chaplin. Conta a história de um bebê abandonado pela mãe, uma cantora solteira, e encontrado por Carlitos junto a uma lata de lixo. É uma adaptação fiel, que respeita o filme, reproduzindo cenários e situações armadas em detalhes por Chaplin, como a sequência em que Carlitos volta para casa após perder o garoto para um inescrupuloso gerente do albergue onde passam a noite. Carlitos cria João em seu pequeno sótão, ensina-o a quebrar janelas para ganhar algum dinheiro (Consertando as vidraças, claro) e, finalmente, é separado do garoto quando este fica doente e o médico resolve chamar o diretor de um orfanato.

Fonte: Livraria da Folha

Escrito por marcia
Tags: , , ,

out 09

Autor: Pereira, Robson de Freitas
Autor: Souza, Eneas de
Prefácio/Posfácio: Gerbase, Carlos
Editora: Artes e Ofícios
Páginas: 192
1a Edição: 2011
Assunto: Cinema

Sinopse:
Nesta obra, os autores e quatro convidadas debatem as relações entre cinema e psicanálise. Este livro parte do pressuposto que o cinema, tal como outras manifestações artísticas, capta as mudanças e as metamorfoses do mundo e da subjetividade. Mas, em sua relação com a psicanálise, há de se ter cuidado; na sétima arte, um personagem não é um analisante e nem uma sessão de psicanálise. Cabe ao espectador-analista fazer um trânsito entre a psicanálise e o cinema, deixando que o seu saber seja questionado pela surpresa da arte. A obra conta, ainda, com prefácio do cineasta Carlos Gerbase e texto de orelhas do crítico de cinema Roger Lerina.

Fonte: Livraria Cultura

 

Escrito por marcia
Tags: , , , ,

out 02

Autor: Rosenfeld, Anatol
Editora: Perspectiva
Páginas: 264
1a Edição: 2009
Assunto: Cinema

Sinopse:

O cinema é arte ou meio de comunicação? Arte a serviço da estética ou indústria de entretenimento? Esse dúplice aspecto tem levado os estudiosos, ao longo dos mais de cem anos que nos separam do advento do cinema, a pesquisa ora os impactos dos filmes no mercador consumidor ‘Cinema – Arte e Indústria’, de Anatol Rosenfeld, disseca esses aspectos, repassando a história do cinema, examinada por por alguém que, fundamentado em sólida formação cultural e também em outras áreas, domina a linguagem cinematográfica e esmiúça detalhes por vezes técnicos, lastreado numa curiosidade permanente e no embasamento vivencial que impregnam o seu trabalho. Trata-se de um livro que introduzirá o leitor, pelas agudas abordagens e análises filosóficas e artísticas do ensaísta, na tessitura do pensamento estético-cinematográfico, que decorre não menos de suas vivências e experiências num momento histórico relevante na Alemanha pré-hitlerista, o qual foi na verdade uma fase áurea da configuração e sedimentação da linguagem fílmica.

Fonte: Livraria Cultura

Escrito por marcia
Tags: , ,